BLOG DO MAURICIO SÓ.


14/8/11


Lembranças.

Lembro-me como se fosse hoje, as familias capelistas, assim que anoitecia, punham as cadeiras na calçada em frente as suas casas e sentavam para conversar e apreciar o movimento. Por exemplo, um automóvel que se escutava ao longe, mais longe era escutado o sino, com suas batidas compassadas, que todos sabiam ter alguém morrido. O apito do trem, o apito do guarda freio, a matraca para começar a missa, a matraca para vender barquilha. Sons que trazem lembranças de uma época remota, onde os poucos que restaram, conseguem recordar com lágrimas nos olhos, sabendo que esta época nunca mais voltará.

 

...

Escrito por Por: J. Mauricio G. Faria às 09:00
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

17/7/11


Errata.

Tinham me passado uma idéia erronea da obra de arte que tem na Feira-Mar, me falaram que era "Navio fazendo curva", mas atravéz de amigos que postaram comentarios em meu blog, fiquei esclarecido, e repassando aos leitores deste, afirmo que o nome correto da obra é "Este é o Caminho", executada por Ligia Borba,  solicitada pelos evangélicos na gestão de Pereirinha.

 

           

 

 

 

...

Escrito por Por: J. Mauricio G. Faria às 20:49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

27/6/11


INOVAÇÃO.

Fiquei pensando, por que Antonina é assim? Por que o povo é desse jeito? Simplesmente, é do jeito que é. Mas,  por que? Francamente não consegui conciliar a teoria nenhuma. Cheguei a pensar que era porque antigamente Antonina era algo significativo em matéria de Porto, e o povo ainda mantém o rompante daquela época, mas isso foi passado, hoje a realidade é outra, temos que inovar, com muita criatividade e força de vontade, temos que mudar nossa maneira de pensar, de agir e de enchergar o futuro.  Temos que parar de sermos negativos, de querermos  que o proximo se arrebente, quando deveria ser o contrario. A união faz a força e a força mantém a união. Unidos a um unico propósito, que é o objetivo do cidadão capelista de boa indole, em ver um dia, Antonina melhor. Chega de pensar que tudo da errado em Antonina, ou quando alguma coisa da certo, ai todo mundo copia e faz igual, onde não da para ninguém. Temos que ver a necessidade e resolve-la com criatividade e qualidade, sem prejudicar quem ja esta na luta.  Quando um der a mão ao outro, sem querer derruba-lo, mas juntos crescerem, ai sim, Antonina chegara lá. Na forma de parcerias e integração. Inovação pode ser a solução.





...

Escrito por Por: J. Mauricio G. Faria às 09:07
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

11/6/11


ESCOTEIROS OU ESCOLA DE SAMBA???

Não sou contra nem a favor, muito pelo contrario, mas fiquei chocado quando vi a Flor de Liz, pintada na frente da Caserna, e ao ler , onde esperava ver Grupo de Escoteiros, adivinhe o que li?,  Escola de Samba . Foi de mais, pensei. Além da caserna e o terreno,  até  o símbolo?

Perguntar não ofende.

Mas onde foi parar o grupo de escoteiros de Antonina?

Bem que os que restaram, poderiam resgatar o escotismo em nossa cidade. Poderia ser criado até os escoteiros do mar. Com escola de natação, cursos de motor náutico, construção e reparos de lanchas, canoas e fibras etc etc.

Só teríamos a ganhar.

 

 

 

 

...

Escrito por Por: J. Mauricio G. Faria às 12:15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

9/6/11


POR QUE NÃO VISITA-LA, PORQUE VISITA-LA? VISITEI A - A.

 

 

 

PARA ALGUNS QUE MORAM EM CURITIBA, DESCER PARA ANTONINA, FICA LONGE, OU CARO, MAS PARA VOCÊ  NÃO CUSTA MUITO, MELHOR, NÃO CUSTA QUASE NADA. O QUE SÃO  POUCOS TROCADOS PARA VOCÊ? SE FICAR EM CASA, VAI GASTAR MUITO MAIS. TERÁ QUE COMPRAR CERVEJA, AQUELA CAIPIRINHA E CARVÃO PARA ASSAR, QUANDO É CARNE,  OU  TERÁ QUE ENCARAR AQUELE FRANGO ASSADO NA VITRINA PARA CACHORRO, TEMPERADO APENAS COM ÁGUA E SAL, SE QUISER PIZZA, SÓ DEPOIS DAS 18:00. ACHO QUE NÃO VALE A PENA, MELHOR É DESCER A SERRA E IR NA CASA DO SIRI, COMER UM RISOTO, CASQUINHA,  BOLINHO OU MESMO QUIBE DE SIRI, OU EM QUALQUER UM DOS VÁRIOS RESTAURANTES, COMER UM BARREADO, SENÃO, UM RODIZIO DE FRUTOS DO MAR, OLHANDO O MAR, CHEIRANDO O MAR, SENTINDO O MAR, DEIXANDO DE PENSAR NAQUELE TRANSITO INFERNAL DA CAPITAL, SE TEM O CARTÃO DO ESTAR PARA ESTACIONAR OU SE TEM UM TROCADO PARA O FLANELINHA NÃO RISCAR A LATARIA.

É MAIS FACIL FAZER TURISMO EM ANTONINA DO QUE SE INTUPIR DE COLESTEROL NO MC DONALDS OU UM PASTEL NO CHINES.

VENHA RESPIRAR AR PURO E DESOBSTRUIR A MENTE COM BELISSIMAS PAISAGENS E PASSEIOS  DE BARCO EM NOSSA BAIA.

NÃO VAI SE ARREPENDER,

VENHA E TRAGA A FAMILIA.

 

 

 

 

...

 

Escrito por Por: J. Mauricio G. Faria às 09:55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

7/6/11


VÊM VOCÊ TAMBÉM, VÊM.

Aos capelistas que vivem fora de Antonina, que foram a traz de uma vida melhor, um emprego mais remunerado, uma graduação com mais peso, pois é, a qualidade de vida, tem certeza que melhorou? Você percebe as cores do amanhecer? Os tons que a cidade fica ao entardecer? A brisa suave nos dias quentes? Um bate papo pela manhã cedo tomando um cafezinho? Vai dizer que não tem saudades disso?

Pois você pode  ter todas essas mordomias, é só retornar para Antonina, sei que o povo não é fácil,mas, é só não depender de ninguém para se relacionar; falar com todo mundo, rir, tirar até um sarrinho, sair de barco, pescar ou até mesmo passear, andar de bicicleta senão a pé, seja o que for, sem se comprometer, mesmo sendo só no fim de semana ou feriado.

Antonina precisa de você.

Venha fazer parte desta reconstrução, mas é só com pessoas como você, que a cidade vai melhorar.

Vêm.

Ver um dia melhor, amanhecer.


 

 

...

Escrito por Por: J. Mauricio G. Faria às 17:37
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

5/6/11


ESSES JÁ FORAM.

Ontem, estive passeando em Antonina, e sabendo das novidades, lamentei a morte de Pinduca (turma do litro), que ao amanhecer encontraram sem vida em seu quarto, e aqui (Antonina ), quando morre um, sempre puxa outro, parece inacreditável, mas é a pura verdade, soube também que Luciano, aquele que vendia bicho, da lotérica, sempre andava de bicicleta, também tinha falecido. Mas como não da para acreditar em tudo que falam, fiquei naquela quando Pelego ( da lotérica ) falou que Gilson (sanhaço), tinha morrido, disse que quem contou para ele tinha sido Jaboca. Ainda bem que não era verdade. Aqui (Antonina) o pessoal costuma inventar a morte alheia. Quando eu andava embarcado, Cabeção me matou umas 3 vezes, ao retornar do navio, o pessoal dizia: tinham falado que você tinha morrido, é mas, ..... ainda estou aqui.

 

 

Aos que foram, Amém.

 

          

Luciano                                           Pinduca, o de camiseta amarela.  

 

 

 

... 

Escrito por Por: J. Mauricio G. Faria às 15:42
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

1/6/11


MARIA FUMAÇA

Bem que a Maria Fumaça poderia voltar a fazer o trajeto: Antonina - Morretes e vice-versa. Só que com a consciência ecológica atual, não é viável. E se for movida a gás, a conversa já é outra, evitaria o corte de árvores e não poluiría com sua fumaça. Mas quem iria investir neste empreendimento turístico? Acho que ninguém. Não teríamos nem turistas, para manter tal  investimento. Como sonhar não custa nada, esperamos que algum louco (com muita grana ) siga esta idéia. Pelo menos, vai curtir de montão, sem desmatamento, poluição ou destruição.

Apóie a reconstrução. 

 


 

 

 

...

Escrito por Por: J. Mauricio G. Faria às 15:17
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

ME FALTA LEMBRANÇA

 

É lamentável, mas com o passar dos anos, nossa mente começa a perder certas lembranças, por mais que eu me esforce, não consigo lembrar de um dos integrantes contido nesta foto, terei que perguntar a pessoas que retém lembranças com maior facilidade. Sei que era um acampamento dos escoteiros, não consigo lembrar onde nem do ano, lembro apenas que da esquerda para direita está Sérginho, Broska, Eu, ??? e Fortunato.

 

E você, sabe quem é???

 

 

 

 

...


Escrito por Por: J. Mauricio G. Faria às 14:16
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

31/5/11


NAVIO FAZENDO CURVA

Comentando sobre a obra que foi executada na Feira-Mar, na gestão de Pereirinha, em Antonina, ninguém sabe o que é nem quem fez, não tem como saber. Tenho conhecimento do nome, devido a  certa vez, conversando com Alceu Barão (Cachorrinha, já falecido), disse-me que era " Navio Fazendo Curva ", inclusive falei que navio quando faz  curva, não aderna para o lado, simplesmente ele gira ficando no mesmo nível. Alceu me disse que era a visão do artista e tinha a liberdade de criar da forma que via. Aceitei e não critiquei mais.


Precisa urgente de uma placa de identificação.

 

 

 

 

...

 


 

Escrito por Por: J. Mauricio G. Faria às 15:47
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil



Meu perfil
BRASIL, Sul, ANTONINA, Centro, Homem, de 46 a 55 anos, Arte e Muito Mar.

Histórico